UFOTVONLINE - Notícias de outro mundo

Erro
  • JFTP: :write: Má resposta

Descoberta pode mudar livros de história

descoberta no queniaArqueólogos que trabalhavam em uma escavação no Quênia afirmam ter encontrado as ferramentas mais antiga já produzidas, com 3,3 milhões de anos. O conjunto de instrumentos descoberto é quase 700 mil anos mais antigo do que a peça que anteriormente era considerada o artefato mais remoto.

A data estabelecida pelos arqueólogos coloca a ferramenta em um período anterior ao nascimento do gênero Homo, que inclui os seres humanos modernos. Dessa forma, o estudo questiona a ideia de que uma espécie dentro dos Homo foi a primeira a aprender a trabalhar com ferramentas de pedra.


Até agora, imaginava-se que o gênero Homo surgiu há 2,8 milhões de anos. Com as novas descobertas, publicadas nesta quarta-feira (20) pela revista Nature, os pesquisadores se deparam com duas hipóteses: ou as origens do nosso gênero são ainda mais antigas do que imaginávamos ou essas ferramentas de pedra foram desenvolvidas por nossos ancestrais.

Para os pesquisadores, a última possibilidade é a mais provável e algo que alguns cientistas já especulavam nos últimos anos. Ao invés das ferramentas terem aparecido com o nascimento dos Homo, é possível que os instrumentos de pedra tenham se desenvolvido por um longo período. E as ferramentas descobertas sugerem ainda mais. Por serem sofisticadas, é provável que essa não tenha sido a primeira vez que elas foram fabricadas.

Os instrumentos descritos no estudo eram usados com objetivo de criar pedaços de pedra com pontas afiadas, provavelmente para cortar coisas. Algumas pedras eram usadas como martelos e outras eram como apoio para afiar as pontas. Outras se assemelham a bigornas. O conjunto recebeu o nome de Lomekwian, referência ao local do Quênia onde foram encontradas, o Lago Turkana.

Paleontólogos afirmam que a descoberta é revolucionária. "Ela nos fará repensar no que nos torna humanos", diz Fernando Diez Martín, da Universidade de Valladolid. "Aumentar o que sabemos sobre nosso passado remoto irá colocar dúvidas sobre algumas certezas anteriores e mostrar que o processo que nos transformou em aquilo que somos foi muito mais gradual do pensávamos"

Fonte: Observador

 

APP do Ufotvonline

Imagens Legais

Translate

Portuguese Chinese (Simplified) English French German Japanese Russian Spanish

Radio Propagations


Solar X-rays:
Status
Geomagnetic field:
Status
D-Region Absorption
Prediction:
Status
Created by PA4RM
 

Bilu Tube

Pensamento

Nunca encontrei uma pessoa da qual não tivesse nada a aprender. (A. de Vigny)

Dados Terrestres do Sol


Created by PA4RM

Vulções no Mundo

RSS